Reunião Abio-RedBoa discutiu os desafios e o futuro das Imprensas Oficiais no Brasil e nos demais países americanos

Texto de Myllena Diniz

De 22 a 24 de agosto, o Estado de Alagoas, por meio da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, sediou a Reunião da Associação Brasileira de Imprensas Oficiais (Abio) e da Red de Boletines Oficiales de América (RedBoa), considerado o maior encontro do segmento no continente amerciano. O evento reuniu gestores e representantes de diversos estados e nacionalidades com o objetivo de apresentar e discutir assuntos relacionados ao funcionamento das imprensas oficiais, no Brasil e na América Latina.

Neste ano, o evento trouxe discussões sobre o uso de inteligência artificial na busca de páginas de jornais oficiais; aplicações móveis e blockchain – trata-se de um livro contábil que faz o registro de uma transação de moeda virtual (a mais popular é o bitcoin), de forma que esse registro seja confiável e imutável –; apresentação geral do que está sendo feito nas imprensas oficiais de toda a América Latina; o mercado para as editoras oficiais; e os projetos de interesse das imprensas que estão em trâmite no Congresso Nacional.

Participaram da reunião representantes do México, do Chile, de Cuba, da Argentina, do Uruguai e de 14 estados brasileiros. Para o diretor-presidente da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, Dagoberto Omena, a escolha de Alagoas como anfitriã do evento é reflexo de uma gestão com destaque no cenário internacional.

 “Somos um estado pequeno em extensão, mas que sempre esteve no protagonismo das decisões do nosso País. E fomos os escolhidos para esse grande encontro, que une a Reunião da Abio e da RedBoa. Nosso foco é discutir as mudanças legislativas que as imprensas oficiais têm enfrentado no Brasil, assim como conhecer as transformações pelas quais os demais países têm passado e quais medidas têm sido adotadas nessas localidades”, reforçou Dagoberto Omena.

De acordo com Nourival Pantano Junior, presidente da Abio e da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo
(Imesp), o encontro reúne um portfólio de experiências e de inovação dos boletins oficiais existentes na América. “Nós trouxemos informações na área de certificação digital e de novos modelos de negócio, que são tão diferentes, mas que têm que caminhar para uma uniformidade e para as adaptações possíveis. Além disso, é um momento importante para discutirmos questões que nos trazem alerta e preocupação, no âmbito legislativo”, enfatizou o gestor.

Em nome da RedBoa, o presidente da Imprensa Oficial da Argentina, Ricardo Sarinelli, salientou a importância do estreitamento dos vínculos entre a Abio e os demais países americanos. “Este tipo de encontro serve para melhorarmos os processos que desempenhamos dia após dia na produção dos periódicos oficiais. Desde que se estreitaram os vínculos de colaboração entre as duas instituições, ambas ganharam em diferentes fatores, a exemplo do intercâmbio de conhecimentos, ferramentas e melhorias de processos a partir do qual se pode executar propostas de melhoramento, em nível nacional e internacional”, avaliou o argentino.

Além de extensa programação de palestras e exposição de experiências, os participantes do evento também realizaram visita técnica às instalações da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, que passa por reforma estrutural e modernização de maquinário. A instituição alagoana também foi destaque pela certificação ISO 9001:2015, aprovada em 2018, sendo a segunda do Nordeste a possuir o selo de qualidade.