Diretor-presidente da editora e gráfica pública anunciou a abertura do processo seletivo; obras chegarão ao público na próxima edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas

Texto de Patrycia Monteiro

O diretor-presidente da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, Dagoberto Omena, anunciou a abertura das inscrições para três novos editais literários da Imprensa Oficial Graciliano Ramos, durante a festa de lançamento de onze livros inéditos da editora, na noite da quarta-feira (12). A partir desta quinta-feira (13), até o dia 19 de janeiro, os escritores alagoanos ou radicados em Alagoas podem inscrever suas obras nos três editais literários, com previsão de lançamento dos livros durante a 9ª edição da Bienal Internacional do Livro, que será realizada em 2019 pela Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal).

Quem tiver livros de poesias, crônicas, contos e romance, por exemplo, pode se candidatar ao Edital para Publicação de Obras Literárias Ficcionais, um dos editais mais aguardados pelos escritores de Alagoas. Também está aberto o processo seletivo para a escolha de livros infantis pela Coleção Coco de Roda, edital lançado a cada dois anos, com o objetivo de escolher cinco novas “historinhas” que despertem o prazer da leitura entre as crianças e que reflitam, de forma lúdica, sobre a cultura, a história e as tradições alagoanas.

A novidade deste ano é o anúncio de uma nova oportunidade para a comunidade literária de Alagoas: o Edital para Publicação de Obras Não Ficcionais, que prevê a publicação de projetos editoriais como livros de receitas, fotografias, arte, reportagens, história, ensaios, entre outros.

Vale ressaltar que cada autor pode participar de todos os editais, simultaneamente, mas apenas com uma obra por processo seletivo. As regras e critérios de todos os concursos literários estão disponíveis na página da Imprensa Oficial Graciliano Ramos na internet (http://www.imprensaoficialal.com.br/editais/) .

“A Imprensa Oficial Graciliano Ramos tem o papel de fomentar e alavancar o mercado editorial do estado, contribuindo, acima de tudo, para fortalecer a literatura produzida em Alagoas. O lançamento do novo Edital para Publicação de Obras Não Ficcionais visa diversificar ainda mais os gêneros literários lançados pela nossa editora, ampliando as oportunidades de publicações entre as escritoras e os escritores”, afirma Dagoberto Omena.

Desde o ano passado, as inscrições dos editais da Imprensa Oficial Graciliano Ramos passaram a ser realizadas exclusivamente pela internet, dispensando a necessidade de entrega dos originais dos livros em papel, na sede da editora. Graças a essa mudança, o número de inscrições no edital Para Publicações de Obras Literárias 2018 bateu recorde: foram 143 candidaturas, contra um total de 101 candidatos registrados na edição de 2017.

Segundo Dagoberto Omena, a escolha de obras publicadas pela Imprensa Oficial Graciliano Ramos tem primado pela isenção e impessoalidade nos processos seletivos – o que contribui para consolidar a credibilidade dos editais realizados pela empresa. “Vencem as melhores obras, de acordo com a opinião da equipe de pareceristas, organizada e gerenciada pela Fapeal [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas]. Esse trabalho de análise das obras é realizado com total autonomia por parte dos especialistas. Não temos ingerência sobre o resultado dos concursos literários”, diz o executivo.

Dagoberto informa que os livros inscritos são apresentados sob anonimato aos pareceristas, que avaliam os textos sem saber quem são seus autores e autoras. O perfil dos pareceristas escolhidos pela Fapeal é formado por mestres e doutores nas áreas de Letras e Linguística. “Em nenhum momento os especialistas sabem quem são os autores dos livros que eles analisaram. Isso permite que os autores estreantes ou menos conhecidos do grande público disputem, em pé de igualdade, com escritores consagrados”, diz.